Elementos furtam placas de sinalização da BA-131, entre Ruy Barbosa e Ibiaporã/Bonita


Motorista da BA-131 se depararam com uma situação triste nesta rodovia que liga Ruy Barbosa ao povoado de Ibiaporã (Bonita de Mundo Novo).

No final da noite deste domingo (21), indivíduos ainda não identificados levaram as placas de sinalização da rodovia, no trecho próximo a Casa Nova.

A população indignada enviou imagens para nosso site, afim de identificar os ladrões. A rodovia BA-131 foi recém asfaltada pelo Governo do Estado e é uma as principais rotas entre a cidade de Ruy Barbosa e a região de Mundo Novo.



Fonte: Ruy Barbosa Notícias
Foto: Divulgação

Brasil terá 155 milhões de eleitores nas eleições municipais deste ano

Estimativa é do Tribunal Superior Eleitoral (TSE)

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) divulgou, nesta quinta-feira (18), em Brasília, o eleitorado apto a comparecer às urnas nas eleições municipais de outubro próximo. O Brasil terá 155,9 milhões de eleitores que vão eleger prefeitos, vice-prefeitos e vereadores.

Segundo o tribunal, o número representa aumento de 5,4% em relação às eleições de 2020. Em nota à imprensa, a presidente do TSE, ministra Cármen Lúcia, declarou que o aumento do eleitorado mostra que as eleições no Brasil são democráticas e auditáveis.

“O elevado número de eleitoras e de eleitores confirma o que se tem demonstrado na história brasileira, especialmente desde a Constituição do Brasil de 1988 e nos últimos 28 anos em que se desenvolveu o sistema eletrônico de votação, que é o benefício de eleições democráticas livres, certas no tempo, auditáveis em seu processo, transparentes em sua realização, eficientes em seu resultado”, afirmou a ministra.

O primeiro turno das eleições será no dia 6 de outubro. O segundo turno poderá ser realizado em 27 de outubro nos municípios com mais de 200 mil eleitores, nos quais nenhum dos candidatos à prefeitura atingiu mais da metade dos votos válidos, excluídos os brancos e nulos, no primeiro turno.

O município de Borá, no estado de São Paulo, terá o menor número de eleitores em outubro: 1.094 pessoas estarão aptas a votar. A cidade de São Paulo apresentará o maior eleitorado: 9,3 milhões. O Rio de Janeiro somará 5 milhões de eleitores.


Limite de gastos

O TSE também divulgou nesta quinta-feira o limite de gastos de campanha para os cargos de prefeito e vereador. O limite foi definido por município e leva em conta o mínimo de R$ 100 mil para prefeito e R$ 10 mil para vereador.

Em Borá, por exemplo, os candidatos que vão disputar a prefeitura poderão gastar R$ 159 mil. Para o cargo de vereador, os candidatos terão R$ 15,9 mil.

Em São Paulo, os candidatos ao Executivo local podem gastar R$ 67,2 milhões no primeiro turno e R$ 26,9 milhões no segundo. Quem pretende disputar as cadeiras de vereador na capital paulista poderá gastar R$ 4,7 milhões.

Os recursos serão oriundos do Fundo Especial de Financiamento de Campanha (FEFC), dinheiro público destinado para as campanhas eleitorais. No pleito deste ano, os partidos vão receber R$ 4,9 bilhões do fundo para financiar suas campanhas em todo o país.


Fonte: Agência Brasil
Foto: TSE

Mega-sena acumula de novo e prêmio vai para R$ 61 milhões

Números sorteados foram: 04 – 13 – 18 – 42 – 52 – 53

Nenhum apostador acertou as seis dezenas do concurso 2.751 da Mega-Sena, sorteadas neste sábado (20) no Espaço da Sorte, em São Paulo. Com isso, o prêmio da faixa principal acumulou e está estimado em R$ 61 milhões para o próximo sorteio, na terça-feira (23).

Os números sorteados foram: 04 – 13 – 18 – 42 – 52 – 53

A quina teve 60 apostas ganhadoras e cada uma vai receber R$ 60.964,39. Já a quadra registrou 4.978 ganhadores, com prêmio de R$ 1.049,72 para cada.

As apostas para o próximo concurso podem ser feitas até as 19h (horário de Brasília) do dia do sorteio, nas casas lotéricas credenciadas pela Caixa em todo o país, ou pela internet. No caso das lotéricas, os estabelecimentos podem fechar antes das 19h. O jogo simples, com seis dezenas marcadas, custa R$ 5.



Fonte: Agência Brasil
Foto: Marcelo Camargo

Bahia tem mais de 11 milhões de eleitores aptos a votar nas eleições municipais de outubro

Na Bahia, o eleitorado apto para comparecer às urnas nas eleições municipais de 2024 é de 11.283.507, conforme dados divulgados esta semana pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). De acordo com o Portal de Estatísticas do TSE, o número representa um aumento de 390.187 (3,5%) eleitores, em comparação às eleições de 2020, quando haviam sido registrados 10.893.320 eleitores.

A Bahia permanece como o quarto maior colégio eleitoral do país, com 11,2 milhões de eleitores. Liderando o ranking está São Paulo, com 34.403.609 eleitores, seguido por Minas Gerais, com 16.469.155 eleitores e Rio de Janeiro, com 13.033.929 eleitores.

A nível regional, Salvador ocupa o 1º lugar como o maior colégio eleitoral do estado, com 1.969.757 eleitores, seguido por Feira de Santana (426.887), Vitória da Conquista (257.784) e Camaçari (205.865). Por causa do número de eleitores aptos, essas quatro cidades estão habilitadas para realizar segundo turno. Para conferir o número de eleitores aptos nas demais cidades da Bahia, clique aqui.

De acordo com o presidente do TRE-BA, desembargador Abelardo da Matta, os números refletem os esforços da Justiça Eleitoral para atender e bem servir os cidadãos baianos, habilitando-os ao exercício do voto, seja através do atendimento virtual, presencial ou ações itinerantes empreendidas pelo projeto “TRE-BA em Todo Lugar” e, igualmente, o desejo dos eleitores de escolherem os seus representantes, nas 417 cidades da Bahia, no dia 6 de outubro.

“O Tribunal Regional Eleitoral da Bahia segue trabalhando com afinco para realizar eleições transparentes, céleres e seguras, a fim de possibilitar que os eleitores e eleitoras exerçam o direito de votar. A partir deste balanço divulgado pelo Tribunal Superior Eleitoral e seguindo o Calendário Eleitoral, teremos condições de seguir com novas etapas do processo eleitoral, a citar a geração de mídias com os nomes dos eleitores e eleitoras, além de candidatos e candidatas que irão disputar as eleições deste ano”, disse o presidente.

Das 11,2 milhões de pessoas aptas a votar na Bahia, 52,43% é do sexo feminino (5.915.845), enquanto 47,57 % (5.367.598) é gênero masculino. O portal de estatísticas também divulgou o número de pessoas que vão utilizar nome social nessas eleições: 2.706.

De acordo com o perfil do eleitorado, 727.601 pessoas (6,45%) se declararam pardas, 283.567 (2,51%) pretas e 188.993 (1,68%) brancas. Nas eleições municipais, 15.363 eleitores (0,14%) se identificaram como quilombolas e 6.740 (0,06%) como indígenas.


JOVENS

O voto é facultativo para os jovens de 16 e 17 anos. Em 2024, 193.327 jovens nesta faixa etária poderão comparecer às urnas, o que representa um aumento de 52% em relação ao total registrado nas eleições municipais de 2020, quando essa faixa etária somava 126.612 eleitores.

A Justiça Eleitoral ressalta que os eleitores que têm 15 anos e realizaram o alistamento eleitoral, ou seja, a primeira via do título, só poderão votar se completarem 16 anos até o dia da eleição, 6 de outubro.
 
NOME SOCIAL

Nas eleições municipais de 2024, 2.706 pessoas solicitaram à Justiça Eleitoral o uso do nome social. Em relação a 2020, o número aumentou: naquela ocasião, apenas 600 pessoas haviam solicitado o nome social no título de eleitor. De acordo com os dados do TSE, 2.999 eleitores transgênero estão aptos a votar na Bahia na eleição de 2024.


Fonte: Bahia Notícias
Foto: Antonio Augusto / TSE

Bahia tem 101 cidades com alerta de vendaval; confira lista

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) emitiu um alerta de vendaval para 101 cidades baianas, localizadas no Centro Sul Baiano, Vale São-Franciscano da Bahia, Centro Norte Baiano e Extremo Oeste Baiano. A previsão é que os ventos fortes diminuam apenas na tarde de segunda-feira (22).

Segundo o alerta, que teve início no sábado, às 10h, os ventos variam entre 40 km/h e 60 km/h - o comum é até 49km/h - e baixo risco de queda de galhos de árvores. As principais orientações são não se abrigar debaixo de árvores, pois há leve risco de queda de energia e descargas elétricas; também não é recomendado estacionar veículos próximos a torres de transmissão e placas de propaganda.

Abaíra
Abaré
América Dourada
Andaraí
Angical
Baianópolis
Barra
Barra do Mendes
Barreiras
Barro Alto
Bom Jesus da Lapa
Boninal
Bonito
Boquira
Botuporã
Brejolândia
Brotas de Macaúbas
Buritirama
Cafarnaum
Campo Alegre de Lourdes
Campo Formoso
Canápolis
Canarana
Casa Nova
Catolândia
Caturama
Central
Chorrochó
Correntina
Cotegipe
Cristópolis
Curaçá
Érico Cardoso
Formosa do Rio Preto
Gentio do Ouro
Glória
Ibipeba
Ibipitanga
Ibitiara
Ibititá
Ibotirama
Ipupiara
Iraquara
Irecê
Itaguaçu da Bahia
Jaborandi
Jacobina
João Dourado
Juazeiro
Jussara
Jussiape
Lapão
Lençóis
Luís Eduardo Magalhães
Macaúbas
Macururé
Mansidão
Miguel Calmon
Mirangaba
Morpará
Morro do Chapéu
Mucugê
Mulungu do Morro
Muquém do São Francisco
Novo Horizonte
Oliveira dos Brejinhos
Ourolândia
Palmeiras
Paramirim
Paratinga
Piatã
Pilão Arcado
Presidente Dutra
Remanso
Riachão das Neves
Riacho de Santana
Rio de Contas
Rio do Pires
Rodelas
Santa Maria da Vitória
Santana
Santa Rita de Cássia
São Desidério
São Félix do Coribe
São Gabriel
Seabra
Sento Sé
Serra do Ramalho
Serra Dourada
Sítio do Mato
Sobradinho
Souto Soares
Tabocas do Brejo Velho
Tanque Novo
Uibaí
Umburanas
Utinga
Várzea Nova
Wagner
Wanderley
Xique-Xique


Fonte: Bnews
Foto: Reprodução/Inmet

PIX agora terá limite menor em novos celulares e computadores; veja regras


O Banco Central divulgou novas regras para evitar fraudes em transações via PIX. Segundo o regulamento divulgado nesta segunda-feira (22), celulares e computadores novos terão um limite máximo de valor por transação.

Agora, o usuário terá que registrar os novos aparelhos antes de ter o limite liberado. O celular ou computador que nunca realizou o PIX terá limite de R$ 200 por transação (ficando fixado até a soma de R$ 1000 por dia).


"Essa medida minimiza a probabilidade de fraudadores usarem dispositivos diferentes daqueles utilizados pelo cliente para gerenciar chaves e iniciar transações Pix", explicou o Banco Central em nota.

As regras valem a partir de 1º de novembro para aparelhos novos. Quem já usa o PIX não precisa se preocupar, a menos que troque de celular.



Fonte: Bnews
Foto: Divulgação